Swingers do Brasil
Assine o SB

Ela demora pra gozar: 6 dicas de como agir

Ela demora pra gozar: 6 dicas de como agir

Se a garota com quem você está transando não goza nunca, ou parece demorar demais para chegar lá, saiba que, infelizmente, ela não é a única. Segundo uma pesquisa realizada pelo Projeto de Sexualidade da USP (ProSex), aproximadamente 50% das brasileiras têm dificuldade para atingir o clímax durante o sexo. Os motivos apontados na pesquisa? Vergonha, receio e até falta de conhecimento do próprio corpo.

Hoje, nós vamos te dar 6 dicas de como agir quando sua parceira demorar muito pra gozar:

Entenda as diferenças

O órgão genial masculino é externo e isso facilita muito as coisas. A maioria dos homens sabe como gozar, assim como a maioria das mulheres sabe como estimular o pênis de um homem para ele chegar lá – a gente teve muitos exemplos disso não só em piadas comuns na cultura pop, como também nos filmes pornôs, que acabam exemplificando com clareza como agir naquela hora.

Porém, com a mulher o cenário é outro: o órgão genital feminino não é tão exposto assim e, além disso, o orgasmo feminino pode ser alcançado de três jeitos: através do estímulo do clitóris, do estímulo do ponto G – que nada mais é do que uma parte do clitóris na parte interna da vagina – ou dos dois juntos.

Apesar de ter “mais jeitos de gozar”, chegar lá não é tão fácil porque o estímulo desses pontos não é tão “intuitivo” quanto o estímulo do pênis. Além disso, nem todas as mulheres gostam do mesmo tipo de estímulo. Mais de 70% das mulheres não chegam ao orgasmo apenas com penetração e não conseguem gozar tão rápido ou tão intensamente com o estímulo do ponto G. Por isso, o estímulo do clitóris é a forma mais fácil de fazer ela gozar.

Então, tenha isso no seu subconsciente para entender porque pode ser mais demorado para a sua parceira gozar do que é pra você chegar lá.

Viva o sexo como uma experiência, e não apenas como um caminho para o orgasmo

Curta o sexo como um todo: explore cada momento, cada parte do corpo dela e deixe que ela explore cada parte do seu. É claro que todo mundo quer gozar, mas o sexo é muito mais do que isso. O sexo é um momento de troca de sensações e de total entrega, por isso, viva o ato sem ficar paranóico com a necessidade de gozar no tempo “certo”, e nem se desespere perguntando toda hora para a menina se ela já gozou.

Pressão não ajuda em nada, e o sexo deve ser feito para relaxar, não para se irritar.

Descubra o que ela gosta

De um jeito sutil e nada exigente, descubra o que ela gosta na hora do sexo. Você pode conversar sobre isso antes da transa em si, ou explorar o corpo dela e os sentidos durante o sexo para descobrir. No ouvido dela, enquanto a masturba ou passa a mão no corpo dela, peça para ela mostrar pra você como ela gosta de ser tocada. Essa é uma boa dica para ver como ela curte se masturbar para você tentar replicar e agir da mesma forma.

O legal é conversar para descobrir se ela prefere gozar com penetração ou se ela acha mais fácil gozar com o estímulo do clitóris ou com sexo oral. Ah, outra coisa: muitas meninas não gozam com sexo oral porque o ritmo da língua ali embaixo raramente chega na velocidade e em uma constante que facilite o orgasmo. Então, não fique irritado ou chateado se você tentou de tudo ali embaixo e mesmo assim ela não gozou. Faça sexo oral, é claro, porque ela vai gostar – às vezes, vai gostar muito – mas não fique paranóico achando que ela precisa gozar com a sua língua ali.

Peça pra ela se masturbar

Como falamos anteriormente, você pode pedir pra ela se masturbar e mostrar pra você como ela gosta de se tocar. Mas nessa hora, tente não ficar parado a encarando e olhando pra cara dela na expectativa do orgasmo. Participe do sexo e viva o momento. Muitas mulheres gozam com o estímulo dos mamilos, então, quando ela estiver ali brincando com ela mesma, experimente excitá-la através dos mamilos – com a língua, com os dedos ou com a mão.

Se você já conversou com ela e já entendeu o que ela gosta na hora do sexo, é hora de agir: você sabe que ela gosta de ouvir algumas coisas mais quentes enquanto você estão transado? Então, saiba o que dizer no ouvido dela e também fale pra ela falar ou dizer coisas que você gosta. Tudo com jeitinho, é claro, para manter a sintonia do sexo.

Não faça cobranças

Ficar o tempo todo perguntando se ela já gozou não vai fazer ela gozar mais rápido. Se você estiver mais preocupado com isso do que em dar prazer pra ela ou em curtir a troca de sensações que o sexo proporciona, é bem provável que ela não goze porque ela vai ter dificuldades para se entregar ao momento.

Então, em vez de ficar perguntando isso, experimente perguntar se ela está gostando, se está gostoso e o que ela quer que você faça.

Ah: e também não se cobre demais. Se ela não gozou daquela vez, tudo bem. O importante é se entregar ao sexo e se dedicar para entender o que ela curte porque, como já falamos, pode ser mais difícil para uma mulher gozar do que para um homem.

Converse

Não pare o sexo para conversar, é claro. Mas depois da transa, procure conversar com ela pra entender quais são as fantasias dela, o que ela tem curiosidade de fazer, onde gosta de ser tocada e o que ela curte fazer na cama.

Como já falamos, mulheres têm estímulos diferentes: algumas gostam de um sexo mais selvagem, outras não. Algumas gozam com penetração de um jeito mais fácil, outras não gozam com penetração de jeito algum. Algumas amam receber sexo oral, outras ficam incomodadas. Algumas curtem estímulo nos mamilos, outras detestam. Tudo é diálogo e pode ter certeza: conversar vai valer muito a pena!

Comentários:
Crie seu perfil para comentar esse artigo.
Voltar a página anterior

Sobre Sobre
Apresentação do Swing
Torne-se um Parceiro Swing
Fale Conosco

Conteúdo exclusivo Conteúdo Swing exclusivo
Anúncios Swing
Vídeo Conferência
Meu Perfil Swing

Swing Brasil | Swingers do Brasil - www.swing.com.br 2017
swing . swing brasil . swingers . site de swing . troca de casais

Cadastre-se

 

Assinantes