Swingers do Brasil
Assine o SB

Sete dicas para usar a cadeira erótica

Sete dicas para usar a cadeira erótica

Encontrar lugares novos para transar em casa não é uma tarefa tão difícil: o casal tem à disposição cama, sofá, pia da cozinha, box do chuveiro e qualquer outro cantinho que resolva explorar. Mesmo assim, de vez em quando é legal buscar um espaço ou um apetrecho diferente fora de casa.

Nos motéis, destino escolhido pela maioria dos casais quando bate essa vontade, uma das melhores e mais seguras opções de variação é a cadeira erótica, aquela com ganchos laterais metálicos e apoios inferiores estofados. Projetada para o conforto tanto da mulher quanto do homem, ela dá um ânimo extra para turbinar as transas.

'Aproveitando os ganchos e os apoios e dobrando o encosto, o casal fica mais à vontade para variar o cardápio de posições, porque se sente mais seguro, e encontra novas formas de chegar ao orgasmo com conforto', afirma Fernanda Pauliv, especialista em artes da paixão. A sensual coach Fátima Moura concorda e complementa:'Essa segurança permite que o casal arrisque novas intensidades nas relações sexuais. Os orgasmos ganham nova força'.

As especialistas dão sete dicas para que os casais aproveitem ao máximo tudo que a cadeira erótica possibilita.

Verifique se a cadeira está bem montada
“Ela é segura, mas, como qualquer outro móvel, precisa estar bem parafusada e firme para não oferecer risco de acidentes', alerta Fátima. Faça como é hábito com móveis para a casa: aplicando força para baixo nas extremidades e no centro da cadeira, reclinando o encosto sem ninguém sentado ou deitado nela. Se for para dar algum problema, que seja quando ela estiver vazia.

Use-a para um show de provocação
A cadeira erótica pode ser usada apenas pela mulher antes do sexo em si, para começar a provocar o parceiro. “Ela pode fazer alguns movimentos sensuais ao redor da cadeira e depois sentar e apresentar um show de masturbação, do qual ele participará como plateia', sugere Fernanda. O legal é que o casal discuta essa ideia antes, seja por sugestão da própria mulher ou do homem, para ter certeza de que os dois se sintam à vontade com a situação.

Faça sexo oral sem machucar os joelhos
“A ergonomia da cadeira erótica é perfeita para o sexo oral, porque ela é confortável e estofada exatamente nos pontos necessários', diz Fernanda. Quem senta para recebê-lo consegue abrir bem as pernas e se acomodar com o auxílio dos ganchos laterais, enquanto quem ajoelha para proporcioná-lo não precisa se preocupar com dor ou pele esfolada, já que os apoios inferiores são como almofadas.

Intensifique o orgasmo feminino com ela por cima
O orgasmo feminino (clitoriano e vaginal) é facilitado quando a mulher fica por cima na transa, pois ela pode roçar o clitóris na virilha do parceiro e controlar a intensidade da penetração. Na cadeira erótica, isso fica ainda mais tranquilo. “O homem senta, se apoia nos ganchos laterais e pode soltar o peso do corpo no encosto sem a necessidade de travesseiros ou almofadas extras, que é uma preocupação quando o casal está na cama. A mulher vai por cima e deita ou 'monta', fazendo a posição de cavalgada, e dá o tom e a velocidade do sobe e desce. O orgasmo dela será muito mais intenso', afirma Fátima.

Recline o encosto e conquiste penetrações mais profundas
O encosto da cadeira erótica é totalmente reclinável e pode ser completamente virado para baixo, o que permite novas posições. Fátima dá uma ideia que agrada as duas partes do casal: “A mulher deita de bruços, com o torso todo voltado para baixo e as mãos apoiadas no chão. O bumbum vai ficar bem para cima, como uma montanha. O homem consegue penetrá-la com mais profundidade e o orgasmo é muito mais poderoso tanto para ele quanto para ela'.

Abrace a cadeira erótica
Quando a mulher abraça a cadeira erótica . ou seja, fica com os seios voltados para o encosto . e ajoelha-se na parte de sentar, o casal tem a chance de fazer uma das posições preferidas pelos homens: a de quatro. “Para a mulher o orgasmo também é facilitado, porque o encaixe anatômico é um pouco melhor do que no ‘de quatro’ convencional, na cama. O homem consegue chegar ao ponto G dela com mais rapidez', explica Fernanda.

Explore, brinque, descubra
“Sempre é gostoso buscar posições diferentes, que satisfaçam os dois. A cadeira erótica é como um brinquedo que o casal descobre junto', compara Fátima. Para Fernanda, o mais importante é que os dois estejam dispostos a explorá-la. “A cadeira é bem intuitiva. O casal deve aproveitar o conforto para conhecer novas sensação. Se fizer sexo sempre do mesmo jeito, não pode querer resultados diferentes', conclui.

* Fonte: iG

Comentários:
Crie seu perfil para comentar esse artigo.
Voltar a página anterior

Sobre Sobre
Apresentação do Swing
Torne-se um Parceiro Swing
Fale Conosco

Conteúdo exclusivo Conteúdo Swing exclusivo
Anúncios Swing
Vídeo Conferência
Meu Perfil Swing

Swing Brasil | Swingers do Brasil - www.swing.com.br 2017
swing . swing brasil . swingers . site de swing . troca de casais

Cadastre-se

 

Assinantes